DESESPERO

Eu quero a escuridão. Eu quero a noite. Não procuro as sombras, porque se há sombras é sinal que há luz; e a luz fere os meus olhos e confunde minha mente.
Quero que a dor que agora me faz companhia fique mais forte, assim não poderei pensar em mais nada… não pensarei em você.
A escuridão cobrirá minha tristeza e eu gemerei em silêncio. não quero que ninguém me veja, não quero que ninguém me ouça.
Fecho os olhos para que a escuridão que existe dentro de mim me esconda. Fico quieta, em soluços quebrados, no gemido abafado desejando não ser vista ou ouvida.
Não quero ver. Não quero ouvir.
Quero somente que minha solidão me faça companhia, nada mais.
Se eu amei só, é sozinha que sofrerei.

 

 

Aretha Stephanie

Anúncios

  1. #1 por Itarcio em 13 de julho de 2011 - 12:48 am

    Sei como é se sentir assim… ou parecido.
    As vezes é um grito de ajuda, mas pode também não querer interferências ou tentativas de mudança. Fica difícil prever.
    A dor é viciante. Mas se falamos do que vivemos, prefiro a crença da busca pela felicidade como argumento pra viver. Pelo menos por agora.
    “Acho que nós mesmos encontramos a felicidade por nossa própria conta, do nosso próprio jeito, apesar da dor que as pessoas nos causaram.” (One Tree Hill)

  2. #2 por Amanda Santos em 8 de agosto de 2011 - 11:21 pm

    eu também Itarcio. Aliás, acho que todo mundo já se sentiu assim, é triste, mas ..
    é só agente saber como lidar com essas situações!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: